Sociedade Brasileira de Medicina da Família e Comunidade
Atualização de Cadastro
Associe-se
Esqueceu sua senha, clique aqui!
Home / Parasitoses Intestinais
Parasitoses Intestinais

PARASITOSES INTESTINAIS

 

O que são?

As parasitoses intestinais são muito frequentes na infância. São consideradas problema de saúde pública, principalmente nas áreas rurais e periferias das cidades dos países chamados subdesenvolvidos, onde são mais frequentes. As parasitoses são a doença mais comum do mundo, atingindo cerca de 25% da população mundial (1 em cada 4 pessoas!). Sua transmissão depende das condições sanitárias e de higiene das comunidades. Além disso, muitas dessas parasitoses relacionam-se a déficit no desenvolvimento físico e cognitivo e desnutrição.

Exemplos de parasitoses

AMEBÍASE (ameba)
A ameba é um parasita do intestino grosso, onde ela se aloja causando diarreia. Ela pode invadir a parede do intestino e causar diarreia com sangue, o que já é um caso grave. Também pode ir até o fígado, pulmão ou cérebro, causando doença nesses locais.

GIARDÍASE (giárdia)
A giárdia fica no intestino delgado do homem, onde podem se juntar e cobrir toda a parede do intestino, impedindo a absorção dos alimentos e causando diarreia, chegando até a dar perda de peso e anemia.

ASCARIDÍASE (lombriga)
O áscaris é também conhecido como lombriga e também fica no intestino do homem, mas também passa pelo pulmão. Por isso, em casos mais graves, ocorre a saída de vermes pela boca ou pelo nariz das pessoas, além de obstrução do intestino, tendo às vezes até que operar o intestino para retirar os vermes.

ANCILOSTOMÍASE (amarelão)
O ancilóstomo ou também amarelão entra pela pele das pessoas, podendo causar irritação, até chegar no intestino, passando também pelo pulmão. Ele suga o sangue pela parede do intestino, podendo causar diarreia pela inflamação e também anemia importante.

ENTEROBÍASE ou OXIURÍASE (coceira anal)
O oxiúros fica na parte final do intestino, e é conhecido por causar coceira na região do ânus, principalmente à noite. Nas meninas também pode causar corrimento vaginal.

TENÍASE (tênia)
A tênia é o maior parasita do homem, podendo ocupar todo o intestino do homem, ou seja, chegar a medir até 12 metros! A principal complicação da teníase é a neurocisticercose, que é quando os cistos da tênia vão até o cérebro das pessoas, podendo causar epilepsia em pessoas que nunca tiveram antes Esse quadro também é conhecido pela sua transmissão pela carne do porco, quando mal passada.

TRANSMISSÃO

O mais importante é aprender que a maioria das parasitoses é transmitida pela alimentação ou pela água e pelo contato direto com os pés no chão. O germe entra pela boca ou pela pele até chegar no intestino onde ele vai crescer e se alimentar.

 

COMO SABER SE TENHO VERME?

A maioria dos quadros de todas as verminoses não causa nenhum sintoma nas pessoas. Você pode ter verme e não saber, mas isso também não é um problema! Caso sinta algum sintoma, o médico poderá pedir um exame de fezes para diagnosticar.

 

O QUE FAZER?

- Lavar bem os alimentos;
- Cozinhar ou assar bem os alimentos;
- Ferver e filtrar a água;
- Lavar bem as mãos com sabonete antes de comer;
- Andar sempre calçado(a);
- Evitar o contato com terra ou lama.

 

QUAL É O TRATAMENTO? EU PRECISO TOMAR REMÉDIO DE VERME DE QUANTO EM QUANTO TEMPO?

Mesmo sem sentir nada, quem tem chances aumentadas de ter verme deve tomar remédio a cada 4 meses, sem precisar fazer exame de fezes. Ao persistirem os sintomas, consulte um médico.

 

Autor: Bruno Souza Benevides
bsbenevides@hotmail.com

 

Filiados à:
Ibero Americana Wonca AMB
Newsletter
cadastre-se e receba informações sobre a Sociedade Brasileira de Medicina da Família e Comunidade
Todos os direitos reservados: Sociedade Brasileira de Medicina de Família e Comunidade Desenvolvido por Link e Cérebro