Sociedade Brasileira de Medicina da Família e Comunidade
Atualização de Cadastro
Associe-se
Esqueceu sua senha, clique aqui!
Home / Teste rápido para a detecção de tuberculose e resistência a rifampicina
Teste rápido para a detecção de tuberculose e resistência a rifampicina

O controle global de tuberculose é dificultado por métodos diagnósticos insensíveis e demorados,particularmente para a detecção de formas resistentes a drogas e em pacientes com a infecção do vírus da imunodeficiência humana. Estes investigadores de muitos países avaliaram o desempenho do Xpert MTB/RIF, um teste molecular automatizado para tuberculose Micobateriana (MTB) e resistência a rifampicina (RIF), com processamento de amostras totalmente integradas em 1730 pacientes com tuberculose pulmonar suspeita resistente a multidrogas ou sensível a drogas. Pacientes escolhidos do Peru, Azerbaijão, África do Sul e Índia forneceram três amostras de saliva cada. Duas espécimes foram processadas com N-acetil-L-cisteína e hidróxido de sódio antes da microscopia, cultura líquida e sólida, e o teste MTB/RIF, e uma espécime foi usada para teste direto com microscópio e o teste MTB/RIF.

Eles descobriram que: "Dentre os pacientes de cultura positiva, um único e direto teste MTB/RIF identificou 551 de 561 pacientes com tuberculose de esfregaço positivo (98,2%) e 124 de 171 com tuberculose de esfregaço negativo (72,5%). O teste foi específico em 604 de 609 pacientes sem tuberculose (99,2%). Dentre os pacientes com esfregaço negativo, tuberculose de cultura positiva, a adição de um segundo teste MTB/RIF aumentou a sensibilidade em 12,6 pontos percentuais e um terço em 5,1 pontos percentuais, para um total de 90,2%. Quando comparado com o teste de susceptibilidade a drogas fenotípicas, o teste MTB/RIF identificou corretamente 200 de 205 pacientes (97,6%) com bactéria resistente a rifampicina e 504 de 514 (98,1%) com bactéria sensível a rifampicina. Seqüenciamento resolvido, exceto dois casos em favor
da análise MTB/RIF. "

Os autores concluíram que: "O teste MTB/RIF forneceu detecção sensível de tuberculose e resistência a rifampicina diretamente de saliva não tratada em menos de 2 horas, com mínimo tempo de experiência prática. "
 

Este teste é promissor como um avanço no tratamento de tuberculose pulmonar.

Para resumo completo, clique aqui.

N Engl J Med 363:1005-1015, 9 de setembro de 2010 © 2010 to the Massachusetts Medical Association
Detecção Molecular Rápida de Tuberculose e Resistência a Rifampicina. Catharina C. Boehme, Pamela Nabeta, Doris Hillemann, et al. Correspondância para Dr. Boehme: catharina.boehme@finddiagnostics.org

Categoria: R. Respiratory. Palavras-chave: tuberculose, rifampicina, cultura de saliva, resistência a drogas, teste molecular, avaliação de teste diagnóstico, observatório de revistas.
Sinopse editada por Dr. Linda French, Toledo Ohio. Postado em Global Family Doctor em 28 de setembro de 2010

Filiados à:
Ibero Americana Wonca AMB
Newsletter
cadastre-se e receba informações sobre a Sociedade Brasileira de Medicina da Família e Comunidade
Todos os direitos reservados: Sociedade Brasileira de Medicina de Família e Comunidade Desenvolvido por Link e Cérebro