NotíciasHome / Notícias / NOTA DA SBMFC SOBRE A INT...
Nota da SBMFC sobre a interrupção do TelessaúdeRS pelo Ministério da Saúde 03/07/2017

A Sociedade Brasileira de Medicina de Família e Comunidade vem por meio dessa nota lamentar e expressar sua preocupação com a não renovação do convênio com a Secretaria Nacional de Atenção à Saúde / Departamento de Atenção Básica, do Ministério da Saúde, que deverá acarretar a interrupção do Serviço Telefônico Nacional de apoio clínico para Médicos e Enfermeiros da Atenção Básica do Brasil, vinculado ao TelessaúdeRS a partir do dia 03 de julho de 2017.

O serviço, que tem abrangência em todo o território nacional, já foi utilizado por mais de 7000 médicos e ofereceu mais de 50 mil consultas entre 2013 até hoje. Estima-se que a cada 3 consultorias 2 encaminhamentos à atenção secundária sejam evitados. São números de grande robustez, que demonstram a relevância que o serviço tem hoje para o suporte à APS no país.

Considerando a dimensão de nosso território e as fragilidades intrínsecas, como as dificuldades de provimento de profissionais de saúde e a formação insuficiente de médicos de família e comunidade, que nossos serviços de APS ainda enfrentam, nota-se que o serviço prestado pelo TelessaúdeRS tem caráter imprescindível e sua interrupção pode levar a prejuízo assistencial substancial.

Diante disso, a Sociedade Brasileira de Medicina de Família e Comunidade demanda que o Ministério da Saúde reveja a decisão pela não renovação do convênio a fim de evitar a interrupção dos serviços.

<< voltar às notícias

PARCEIROS

AFILIADOS