Busca Junte-se a nós

Estabelecimentos

A Diretoria de Residência da SBMFC, por meio de mapeamento, apresenta as instituições que oferecem residência de Medicina de Família e Comunidade para conhecimento e auxiliar a tomada de decisão no momento de escolha dos novos ingressos. 

Se você é preceptor/a ou coordenador/a e ainda não preencheu seu cadastro para nosso banco, solicite via e-mail: comunicacaosbmfc@gmail.com 

Os programas estão divididos por Estado, em ordem alfabética. 

 

PROGRAMAS DE RESIDÊNCIA DE MEDICINA DE FAMÍLIA E COMUNIDADE DISPONÍVEIS NO BRASIL 

Amazonas

Instituição: Secretaria Municipal de Saúde 

Cidade: Manaus 

Instituição Financiadora da bolsa regulamentar: Ministério da Saúde 

Oferece bolsa complementar no valor de R$ 8.100 pela Secretaria Municipal de Saúde 

Média de número de vagas ofertadas: R1 (14) e R2 (12) 

Site: https://semsa.manaus.am.gov.br/escola-de-saude-publica/

Supervisor: Mauro Magaldi 

Informações do programa: O Programa de Residência em Medicina de Família e Comunidade da Secretaria Municipal de Saúde de Manaus foi criado em 2012 e após a criação da Escola de Saúde Pública de Manaus – ESAP, em 2018, a Residência passou a ser vinculada à ESAP, sendo inserida no Programa Mais Saúde Manaus – PROMAIS, iniciando dessa forma a possibilidade de complementação de bolsa para o residente. Atualmente a Residência conta com 14 vagas credenciadas e bolsa complementar para o residente. Os residentes são inseridos em equipes da Estratégia Saúde da Família nas UBS da rede municipal de saúde. O funcionamento da Residência acontece através de atividades teóricas semanais e atividades práticas que ocorrem na UBS onde o residente está inserido, sob a supervisão direta de um preceptor especialista em Medicina de Família e Comunidade e nos módulos externos que ocorrem em outras unidades sob a supervisão de um preceptor colaborador focal. Os residentes participam também das atividades da Liga Amazonense de Medicina de Família e Comunidade.
 

Ceará 

Instituição:  Universidade Federal do Ceará 

Cidade: Fortaleza 

Instituição Financiadora da bolsa regulamentar: MEC

Oferece bolsa complementar no valor de R$ 5.000 pela Secretaria Municipal de Saúde 

Média de número de vagas ofertadas: R1 (07), R2 (07) e  R3 (02) em Medicina Paliativa. 

Supervisor: Marco Túlio Aguiar Mourão Ribeiro

Informações do programa: Programa de MFC com 15 anos de existência, campo de estágio em unidades de Atenção Primária à Saúde de Fortaleza, com estrutura adequada, preceptores qualificados. Todas unidades recebem estudantes e internos da UFC, qualificando o processo de ensino aprendizagem. Recebemos residentes de outros estados e países para estágio eletivo. Fortaleza: Abordagem comunitária, PICs, atenção domiciliar, formação docente e preparação para preceptoria, saúde do adolescente, saúde do idoso, pessoas em situação de rua, e cuidados paliativos. 
 

Espírito Santo

Instituição: Unimed Vitória Cooperativa de Trabalho Médico

Cidade: Vitória 

Instituição Financiadora da bolsa regulamentar: Unimed Vitória Cooperativa de Trabalho Médico

Média de número de vagas ofertadas: R2 (02) 

Supervisor: José de Almeida Castro Filho

Informações do programa: Trata-se de um PRM que se encontra vinculado ao subsistema privado de atenção à saúde, porém conta com diversidade em campos do estágio que possibilitam a aquisição de competências para a MFC. Conta ainda com canal teórico em conjunto com mais 5 PRM de MFC da região metropolitana de Vitória e com um importante intercâmbio entre os PRM. Todos os preceptores MFC possuem TEMFC e/ou residência em MFC. Conta ainda com boa estrutura para desenvolvimento das atividades assistenciais onde o residente lida com ferramentas como Prontuário Eletrônico e ferramentas que utilizam a tecnologia como apoio para monitoramento das pessoas. O processo de ensino-aprendizagem é voltado para as tecnologias educacionais inovadoras, notadamente às metodologias ativas de ensino aprendizagem.
 
Instituição: Universidade Vila Velha
 
Cidade: Vila Velha 

Instituição Financiadora da bolsa regulamentar: Ministério da Saúde 

Média de número de vagas ofertadas: R1 (08) e R2 (08) 

Supervisor: Diego José Brandão 

Informações do programa: PRM com compromisso de mudança da realidade assistencial das unidades vinculadas ao PRM. Município com apenas 25% de cobertura de ESF e APS frágil, forte parceria com a SMS para que o PRM seja um case de sucesso no município.
 
Instituição: Secretaria Estadual da Saúde/ICEPI
 
Cidade: Aracruz, Colatina e São Mateus
 
Instituição Financiadora da bolsa regulamentar: Ministério da Saúde
 
Oferece bolsa complementar no valor de R$ 4.500 pela Secretaria Municipal de Saúde 

Média de número de vagas ofertadas: R1 (08) 

Supervisor: Marcello D. B. Dalla

Informações do programa: É um programa de primeiro ano, pensado a partir da necessidade de interiorização da especialidade (ocorre em 3 cidades), além de ter como premissa a aprendizagem crítico-reflexiva. Outro diferencial será a tentativa de utilizar o equipamento do Estado do Espírito Santo para oportunizar aos residentes aprimoramento de competências que considerem importantes fora do âmbito de suas unidades de saúde.
 
Instituição: Hospital Evangélico
 
Cidade: Cachoeira de Itapemirim
 
Instituição Financiadora da bolsa regulamentar: Ministério da Saúde 
 
Média de número de vagas ofertadas: R1 (03) e R2 (01)  

Supervisor: Leonardo 

Informações do programa: Formamos primeira turma em fevereiro de 2020, aonde pudemos formar 3 profissionais com espírito de médico de família, visando ver e entender o personagem como um todo, e seus aspectos com comunidade/ família. Sem deixar de lado a qualificação profissional que requer esta especialidade .
 

Minas Gerais

Instituição: Hospital Metropolitano Odilon Behrens

Cidade: Belo Horizonte  

Instituição Financiadora da bolsa regulamentar: Ministério da Saúde

Média de número de vagas ofertadas: R1 (12) e R2 (12) 

Supervisor: Lucas Néviton Rodrigues de Abreu

Informações do programa: Programa de residência tradicional, com grupo de preceptores capacitados, residentes bem inseridos nas equipes, mas que não assumem sozinhos todas as tarefas da ESF.
 

Instituição: PUC Minas 

Cidade: Contagem 

Instituição Financiadora da bolsa regulamentar: PUC Minas 

Oferece bolsa complementar no valor de R$ 6.700 pela Secretaria Municipal de Saúde 

Média de número de vagas ofertadas: R1 (15) e R2 (15) 

Site: https://www.pucminas.br/unidade/contagem/ensino/graduacao/Paginas/Medicina.aspx

Supervisora: Marina Corradi

Informações do programa: Matriz teórica, oficinas teorico-práticas totalmente elaboradas a partir da Matriz de Competências da SBMFC. Complementação de bolsa até o valor final bruto de $10.000,00. Vinculação com a Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, Campus Contagem, construída em parceria direta com a Secretaria Municipal de Saúde. Atividades respeitam a Resolução CNRM para a especialidade e incluem Plantões, Estágios e atividades na Rede de Atenção a Saúde. 
 

Instituição: Universidade Federal de Uberlândia – UFU

Cidade: Uberlândia 

Instituição Financiadora da bolsa regulamentar: MEC 

Média de número de vagas ofertadas: R1 (4) e R2 (4) 

Supervisora: Nicole Geovana Dias Carneiro

Informações do programa: Programa com UBSF própria vinculada à Universidade que consta com 2 preceptoras exclusivas e permanentes na assistência.
 

Instituição: Universidade Federal de São João Del Rei

Cidade: São João Del Rei, Tiradentes, Santa Cruz de Minas, Barroso, Resende Costa e Bom Sucesso

Instituição Financiadora da bolsa regulamentar: MEC 

Oferece bolsa complementar no valor de R$ 3.300 pela Secretaria Municipal de Saúde 

Média de número de vagas ofertadas: R1 (7) e R2 (7) 

Site: https://ufsj.edu.br/coreme/index.php

Supervisora: Tatiana Teixeira de Miranda

Informações do programa: O Programa de Residência em Medicina de Família e Comunidade da Universidade Federal de São João Del-Rei atualmente encontra-se em atividade em seis municípios do interior do estado de Minas Gerais, o que proporciona aos residentes vivências em diferentes cenários e troca de experiências entre os integrantes do programa sobre especificidades dos campos de estágio. Por estar vinculado a Universidade Federal de São João Del Rei/MG os residentes tem a possibilidade de proximidade com docentes da Universidade atuando em integração com ações do ensino e dos serviços locais, além de terem contato com docentes de outros curso, para além da Medicina, o que potencializa o entendimento do trabalho interdisciplinar em suas esferas, conforme a realidade dos pequenos municípios. 
 

Instituição: Universidade Federal de Ouro Preto – UFOP

Cidade:  Ouro Preto

Instituição Financiadora da bolsa regulamentar: MEC e Ministério da Saúde 

Oferece bolsa complementar no valor de R$ 2.500 pela Secretaria Municipal de Saúde 

Média de número de vagas ofertadas: R1 (12) e R2 (6) 

Site: https://www.facebook.com/rmfcufop/

Supervisor: Gustavo Valadares Labanca Reis

Informações do programa: Cenário rural de atuação em APS com acompanhamento de atendimento ambulatorial, domiciliar, atividades de planejamento e discussão em equipe. Além de possibilidade de participação e integração com atividades da Residência de MFC com PBI, discussão de casos, balint, atividades teóricas clínicas e de interesse ao MFC como agenda avançada, hiperurilizadores, sintoma como doença, saúde lgbtqia+. 
 

Instituição: Hospital Universitário Clemente de Faria

Cidade:  Montes Claros 

Instituição Financiadora da bolsa regulamentar: MEC e Ministério da Saúde 

Oferece bolsa complementar no valor de R$ 3.100 pela Secretaria Municipal de Saúde 

Média de número de vagas ofertadas: R1 (63) e R2 (63) 

Supervisor: Leandro Dias de Godoy Maia

Informações do programa: Residência com forte foco na formação clínica e desenvolvimento, de conhecimentos, habilidades e atitudes inerentes ao Médico de Família e Comunidade com potencial de crescimento pessoal e profissional. 
 

Pará  

Instituição: Cesupa 

Cidade: Belém 

Instituição Financiadora da bolsa regulamentar: Ministério da Saúde 

Média de número de vagas ofertadas: R1 (10) e R2 (10)  

Supervisor: Cybelle Cristina Pereira

Informações do programa: Programa de Residência Médica de MFC mais novo no Pará, com preceptores especialistas em MFC e em outras especialidades. Infra-estrutura da IES completa, proporcionando outros cenários de ensino-aprendizagem, além das UBS dos municípios de Belém e Ananindeua. Utilizamos metodologias de ensino-aprendizagem em nosso programa de Residência Médica. 

 

Paraná  

Instituição: Hospital Universitário Evangélico de Curitiba 

Cidade: Curitiba  

Instituição Financiadora da bolsa regulamentar: financiamento próprio 

Média de número de vagas ofertadas: R1 (4) 

Supervisor: Rogerio Luz Coelho Neto

 

Instituição: Fundo Municipal de Saúde

Cidade: Cascavel 

Instituição Financiadora da bolsa regulamentar: Ministério da Saúde 

Oferece bolsa complementar no valor de R$ 3.500 pela Secretaria Municipal de Saúde 

Média de número de vagas ofertadas: R1 (8) e R2 (8) 

Supervisor: Marcelo Rodrigo Caporal

Informações do programa: Bolsa complementar, residência ombro a ombro, carga horária de 60h/semanais, diversidade de campos de prática com preceptores presentes, voltado para as doenças/causas mais comuns da nossa população. 
 

Instituição: Hospital Pequeno Príncipe 

Cidade: Curitiba 

Instituição Financiadora da bolsa regulamentar: Ministério da Saúde 

Média de número de vagas ofertadas: R1 (12) e R2 (12) 

Supervisor: Bruno Marach Bizinelli

Informações do programa: O nosso PRM em Medicina de Família e Comunidade é um programa conceituado e ligado a uma instituição de renome, o Hospital Pequeno Príncipe. Instituição com mais de 100 anos de atuação e experiência no cuidado à saúde. Participamos da residência integrada de MFC de Curitiba. A integração permite uma vasta experiência aos residentes, com atuação em vários cenários do SUS Curitiba, que é também, uma referência no sul do país. 
 

Instituição: Prefeitura de São José dos Pinhais

Cidade: São José dos Pinhais
 
Instituição Financiadora da bolsa regulamentar: MEC 

Média de número de vagas ofertadas: R1 (30) e R2 (30) 

Supervisor: Vinicius Lima Campestrini

 
 

Pernambuco

Instituição: Prefeitura da Cidade do Recife – Fundo Municipal de Saúde

Cidade: Recife 

Instituição Financiadora da bolsa regulamentar: Ministério da Saúde

Média de número de vagas ofertadas: R1 (20) e R2 (6)  

Supervisor: Isabel Brandão Correia e Rodrigo de Oliveira Silva

Informações do programa: O programa de Residência em Medicina de Família e Comunidade da Secretaria de Saúde do Recife (PRMFC SESAU-Recife) tem como objetivo formar médicas e médicos para os quais a pessoa, a família e a comunidade sejam o centro do cuidado. Para alcançar esse objetivo, garante a presença do residente na Unidade de Saúde da Família (USF) ao longo dos dois anos, com preceptoria integral e avaliação contínua do aprimoramento e aquisição das competências previstas no Currículo Baseado em Competências da SBMFC. Todos os preceptores são egressos de PRMFC e realizaram cursos de desenvolvimento de competências pedagógicas para a prática da preceptoria. Além disso, metade dos preceptores é docente de MFC em instituições de ensino superior. Os espaços teóricos acontecem semanalmente e incluem Laboratório de Comunicação, Seminário de Temas Clínicos, Clube de Revista, Seminário de Bases e Ferramentas da MFC, grupo Balint e Reunião Colegiada de Gestão do programa. Os estágios em outros pontos da Rede de Atenção em Saúde (RAS) contam com preceptores que também são especialistas em suas áreas e, integrados à docência em instituições de ensino superior ou outro PRM. Ocorre ainda anualmente uma vivência na Assembleia do Povo Xukuru do Ororubá, um espaço que oportuniza aproximação com todos os povos indígenas de Pernambuco, desenvolvimento de competências culturais e reflexões acerca das questões de Saúde, Educação, Terra e Meio Ambiente. Por fim, o sistema de avaliação do programa objetiva acompanhar o residente na aquisição e aprimoramento das competências para a oferta de uma prática integral e resolutiva.

 

Instituição: Universidade Federal de Pernambuco 

Cidade: Caruaru 

Instituição Financiadora da bolsa regulamentar: Secretaria Estadual de Saúde 

Oferece bolsa complementar no valor de R$ 8.000 pela Secretaria Municipal de Saúde 

Média de número de vagas ofertadas: R1 (10) e R2 (10)  

Supervisor:  Vanucia Carvalho

 
 
Rio de Janeiro 

Instituição: Amil 

Cidades: Rio de Janeiro e Nova Iguaçu
 
Instituição Financiadora da bolsa regulamentar própria 
 
Oferece bolsa complementar no valor de R$ 10.400 pela Amil 

Média de número de vagas ofertadas: R1 (05) e R2 (10) 

Supervisora: Adriana Piotto Hespanhol

Informações do programa: Primeira residência de MFC em rede na saúde suplementar, o que permite uma estrutura de grande qualidade. Campo de estágio: atenção primária da Amil (com equipes de coordenação do cuidado formadas por MFCs, enfermeiras de família e agentes de saúde, além de matriciamento de equipe de saúde mental) e alguns locais da rede própria. Oferecemos bolsa total de 10.400,00 + VT + VR + plano de saúde e dental + gympass. O PRMFC Amil SP e o PRMFC Amil Rio são interligados, havendo comunicação e trocas entre eles.
 

Instituição: Faculdade de Medicina de Petrópolis / Hospital de Ensino Alcides Carneiro

Cidade: Petrópolis 

Instituição Financiadora da bolsa regulamentar: Ministério da Saúde 

Oferece bolsa complementar no valor de R$ 3.000 pela Secretaria Municipal de Saúde 

Média de número de vagas ofertadas: R1 (12) e R2 (12) 

Supervisora: Julia Barban Morelli Rosas 

Informações do programa: Nosso PRMFC não é novo, mas vem sofrendo melhorias na qualidade. A íntima relação com a FMP permite um ambiente acadêmico diversificado, onde os estágios são todos realizados com preceptores envolvidos na docência. O município possui uma rede de atenção primária antiga, com forte vinculo já com os territórios. A boa rede de atenção à saúde do município como um todo permite que a APS faça seu papel sem atravessamentos exagerados de urgências ou confusão com modelos ambulatoriais. Temos estágios no R1 e o R2 com foco no aprofundamento do vinculo com a equipe para desenvolvimento das competências específicas do MFC. Nosso eixo teórico é baseado nas recomendações para qualidade dos PRMFC da SBMFC.
 

Instituição: CSEGSF / Ensp / Fiocruz

Cidade: Rio de Janeiro 

Instituição Financiadora da bolsa regulamentar: Ministério da Saúde e Fiocruz 

Oferece bolsa complementar no valor de R$ 7.220 pela Secretaria Municipal de Saúde 

Média de número de vagas ofertadas: R1 (6) e R2 (6) 

Site: https://www.instagram.com/mfc.ensp.ufrj/

Supervisora: Mellina Marques Vieira Izecksohn

Informações do programa: A Residência é compartilhada com a UFRJ, entendemos que a Residência engloba a discussão do papel político da Medicina de Família e Comunidade. Compreender a clínica como um encontro e reconhecimento do outro. Metodologias ativas e construção do próprio projeto pedagógico são parte do Programa. Apostamos numa formatação artesanal e dialógica.
 
 

Rio Grande do Norte 

Instituição: Universidade Estadual do Rio Grande do Norte e Prefeitura Municipal de Mossoró 

Cidade: Mossoró 

Instituição Financiadora da bolsa regulamentar: Ministério da Saúde 

Oferece bolsa complementar no valor de R$ 4.500 pela Secretaria Municipal de Saúde 

Média de número de vagas ofertadas: R1 (16) e R2 (16) 

Supervisora: Andrea Taborda Ribas da Cunha

Informações do programa: Como o programa tem um convênio formal e aprovação junto ao MEC desta parceria IES e PMM,a residência ocorre em múltiplos espaços de ambas as instituições. A residência também funciona intimamente articulada com a residência de ginecologia e a multiprofissional de saúde da família, o que proporciona a construção de redes colaborativas nacionais e internacionais, vinculadas a pesquisa intervenção.Também são trabalhados módulos teóricos integrados e habilidades educacionais.A residência caminha próxima a graduação de medicina. As populações vulneráveis são muito trabalhadas no projeto.
 
Instituição: UFRN/HUOL
 
Cidade: Natal  

Instituição Financiadora da bolsa regulamentar: Ministério da Saúde 

Média de número de vagas ofertadas: R1 (13) e R2 (13) 

Supervisora: Laís Izabel Maia Melo Crisanto

Informações do programa: Tradicional programa de residência na história da MFC brasileira, está passando por importantes reformas nos últimos 10 anos. Reforçamos o treinamento em competências clínicas, com rodízios em todos os níveis de atenção à saúde da rede, inclusive no Hospital Universitário Onofre Lopes. As Unidades Básicas de Saúde que fazem parte do convênio com a Secretaria Municipal de Saúde de Natal, principal cenário de prática do programa, possuem oferta de carteira de serviços diferenciada e treinamento em procedimentos cirúrgicos ambulatórias, agulhamento seco, inserção de DIU, auriculoterapia e todos os outros serviços habituais da APS.
 
 

Rio Grande do Sul 

Instituição: Universidade Federal de Santa Maria 

Cidade: Santa Maria 

Instituição Financiadora da bolsa regulamentar: MEC

Oferece bolsa complementar no valor de R$ 3.500 pela Secretaria Municipal de Saúde 

Média de número de vagas ofertadas: R1 (5) e R2 (5) 

Supervisor: Ricardo Heinzelmann 

Informações do programa: O programa concentra boa parte da sua carga horária em unidade com estratégia de saúde da família e integrada à residência multiprofissional em Saúde. Os residentes também participam da preceptoria de internos de medicina. Além das atividades na APS, há desenvolvimento de ações na maternidade, no ambulatório de planejamento sexual e reprodutivo, no CAPS, no Pronto Atendimento e na central de regulação de exames e consultas especializadas. Previsão de ambulatório de pequenas cirurgias em 2021. Também há oferta de Grupos Balint e seminários teóricos semanais. 

 

Instituição: Universidade Federal da Fronteira Sul – UFFS

Cidade: Passo Fundo

Instituição Financiadora da bolsa regulamentar: MEC

Média de número de vagas ofertadas: R1 (3) e R2 (3) 

Supervisor: Julio Augusto de Souza Mota

Informações do programa: Boa infraestrutura disponível, há um conjunto de preceptores com formação na área, com boa inserção na rede. Potencial do programa para expansão, inclusive salientamos a existência de parceria/convênios com municípios vizinhos que já recebem acadêmicos da graduação, com cenários (UBS) com amplas possibilidades para residência. Estamos em processo de expansão do PRM.

Instituição: UNIJUÍ 

Cidade: Santa Rosa e Ijuí 

Instituição Financiadora da bolsa regulamentar: Ministério da Saúde 

Oferece bolsa complementar no valor de R$ 4.000 pela Secretaria Municipal de Saúde 

Média de número de vagas ofertadas: R1 (10) e R2 (10) 

Supervisor: Luís Antônio Benvegnú

Informações do programa: Programa resultante de uma longa parceria entre a Universidade comunitária e o serviço de saúde do município de Santa Rosa e, mais recentemente, Ijuí. A maioria das atividades é realizada nas UBS que contam com MFC contatados com Dedicação Exclusiva. Nos serviços também é oferecido programa de residência multiprofissional em Saúde da Família. O município tem 73 mil habitantes e está em gestão plena desde 1994, o que permite grande experiência também na gestão. 

 

Santa Catarina 

Instituição: Secretaria de Estado da Saúde de Santa Catarina

Cidades: São José, Palhoça, Santo Amaro, Benedito Novo, Rio do Sul, Itajaí, Concórdia, Xanxere, Criciúma 

Instituição Financiadora da bolsa regulamentar: Ministério da Saúde 

Oferece bolsa complementar no valor de R$ 3.000 pela Secretaria Municipal de Saúde 

Média de número de vagas ofertadas: R1 (35) e R2 (35) 

Supervisoras: Evelyn Sonobe/Aparecida de Cassia Rabetti

Informações do programa: Experiência finalista do prêmio APS Forte da OPAS por seu caráter descentralizado e multicêntrico com atividades por webconferência – PBI, Balint, Casos Clínicos, Espiral Construtivista. Encontros regionalizados com oficinas de comunicação clínica e avaliação trimestral. Bolsa adicional paga pelos municípios variam de 2 a 6 mil.
 

Instituição: Secretaria Municipal de Saúde 

Cidades: Florianópolis  

Instituição Financiadora da bolsa regulamentar: Ministério da Saúde 

Oferece bolsa complementar no valor de R$ 3.330 pela Secretaria Municipal de Saúde 

Média de número de vagas ofertadas: R1 (20) e R2 (20) 

Supervisora: Fernanda Lazzari Freitas

Informações do programa: O PRMFC SMS Florianópolis está inserido em uma rede que busca proporcionar a formação de profissionais comprometidos com os atributos da APS como meios de garantir uma assistência médica de excelência no âmbito da ESFs e do SUS de maneira geral. Isto significa que o profissional formado pelo programa deve estar apto a desenvolver seu trabalho de forma longitudinal com base na construção de vínculos com a população atendida, no trabalho interdisciplinar e na gestão da clínica para adequação constante da oferta à demanda. Estimula-se que este profissional busque implementar as melhores diretrizes de acesso e cuidado com vistas a minimizar a lei de cuidados inversos e abordagens seletivas. No âmbito do cuidado individual o MFC formado pelo programa atua com competência cultural a partir das habilidades de comunicação e diagnóstico comunitário, centrando o processo na pessoa que busca atendimento de forma a garantir um cuidado integral e abrangente cujas decisões clínicas, sempre que oportuno, são colocadas de maneira compartilhada.
 

Instituição: Universidade do Extremo Sul Catarinense

Cidades: Criciúma 

Instituição Financiadora da bolsa regulamentar: Ministério da Saúde 

Oferece bolsa complementar no valor de R$ 3.000 pela Secretaria Municipal de Saúde 

Média de número de vagas ofertadas: R1 (2) e R2 (2) 

Supervisor: Arthur Tavares Corrêa Dias

Informações do programa: O Programa está dividido em estágios que complementam e reforçam as competências necessárias para formar o MFC. Respeitando a carga horária na atenção básica, há estágios distribuídos na saúde mental, cirurgia ambulatorial, pediatria, ginecologia e obstetrícia, urgência e emergência. Além da carga horária teórica feita a partir de metodologias ativas com os residentes. 
 

Instituição: Secretaria Municipal de Saúde 

Cidade: Blumenau 

Instituição Financiadora da bolsa regulamentar: Pró-residência  

Média de número de vagas ofertadas: R1 (5) e R2 (5) 

Supervisor:Rafael de Franceschi

Informações do programa: O PRMFC de Blumenau é realizado nas UBS do Município em parceria com a Fundação Universidade Regional de Blumenau (FURB), Fundação Hospitalar Santo Antônio, além de estágios em ambulatório de Pediatria, Ginecologia, Pronto Socorro, Núcleo de Atenção ao Idoso, Serviço de Atenção em Saúde Mental.

 
São Paulo

Instituição: Amil 

Cidade: São Paulo 

Instituição Financiadora da bolsa regulamentar própria

Oferece bolsa complementar no valor de R$ 10.400 pela instituição formadora 

Média de número de vagas ofertadas: R1 (5) e R2 (10) 

Supervisora: Adriana Piotto Hespanhol

Informações do programa: Primeira residência de MFC em rede na saúde suplementar, o que permite uma estrutura de grande qualidade. Campo de estágio: atenção primária da Amil (com equipes de coordenação do cuidado formadas por MFCs, enfermeiras de família e agentes de saúde, além de matriciamento de equipe de saúde mental) e alguns locais da rede própria. Oferecemos bolsa total de 10.400,00 + VT + VR + plano de saúde e dental + gympass. O PRMFC Amil SP e o PRMFC Amil Rio são interligados, havendo comunicação e trocas entre eles.
 

Instituição: Associação São Bento de Ensino (Uniara/Santa Casa/SMS Araraquara)

Cidade: Araraquara 

Instituição Financiadora da bolsa regulamentar: Ministério da Saúde 

Oferece bolsa complementar no valor de R$ 6.700 pela Secretaria Municipal de Saúde 

Média de número de vagas ofertadas: R1 (6) e R2 (4) 

Supervisor: Phelipe Antônio Calixto

Informações do programa: Araraquara é uma cidade com vocação para Medicina de Família e Comunidade com uma das maiores densidades de MFC por Habitantes no Estado de SP. Seu PRM em MFC tem hoje visibilidade nacional devido a qualidade da formação de seus residentes, mas principalmente pela avaliação positiva do PRM, pelos médicos residentes. Todos especialistas em MFC, os preceptores exercem função de ensinagem ombro a ombro, com protocolos atualizados e baseado em evidências, com uma distribuição máxima de 2 residentes por preceptor. A complementação de bolsa pela Coreme Municipal da SMS de Araraquara permite aos nossos médicos residentes dedicação integral para o PRM, a carga horária livre pode ser dedicada ao estudo e para curtir o prazer de ser MFC. A Carga horária teórica dos residentes conta com 3 aulas semanais no R1 e 2 aulas semanais no R2, além dos mini cursos. A Carga horária prática conta com 70% de experiência em cuidados primário e o restante envolve estágios como Saúde Rural, Gestão, Medicina de Confinamento (Saúde Prisional), Saúde Mental, Saúde da Mulher, Saúde da Criança, Saúde do Adulto, Pequenas Cirurgias, Treinamento em Inserção de DIU, Programa Municipal de tratamento ao TABACO (Todos nossos residentes saem habilitados pelo CRATOD para tratamento do tabaco), entre outros.
 

Instituição: Centro Universitário Padre Albino

 Cidade: Catanduva 

Instituição Financiadora da bolsa regulamentar: MEC 

Média de número de vagas ofertadas: R1 (2) e R2 (2) 

Supervisor: Luiz Gustavo Cunha Claudino

Site: https://www.mfccatanduva.com.br/

Informações do programa: O nosso PRM é um programa credenciado desde 2011, porém que nunca preencheu vaga. Entrei como supervisor agora no mês de agosto e estamos organizando para preenchimento de 2 vagas em 2021. Ainda estamos avaliando as possibilidades de bolsas complementares ou com a SMS ou com a OSS responsável pela APS. Estamos com 2 preceptores novos, porém bem empenhados e que preencherá uma quantidade de 1 preceptor por residente. 
 

Instituição: Prefeitura Municipal de Guarulhos

Cidade: Guarulhos 

Instituição Financiadora da bolsa regulamentar: MEC 

Oferece bolsa complementar no valor de R$ 4.000 pela Secretaria Municipal de Saúde 

Média de número de vagas ofertadas: R1 (15) e R2 (15) 

Supervisor: Rafael Nunes da Silva

Informações do programa: PRM recém implementado (2016), com complementação de bolsa, realizado na ampla rede de atenção à saúde do município, com preceptoria em formato ombro a ombro; todos os preceptores são concursados como médicos da ESF municipal, e possuem ao menos especialização sensu lato em saúde da família – a maioria tem TEMFC ou residência em MFC; parcerias de ensino com a Faculdade de Medicina da Uninove, campus Guarulhos.
 

Instituição: São Leopoldo Mandic 

Cidade: Campinas 

Instituição Financiadora da bolsa regulamentar: São Leopoldo Mandic e Secretaria Municipal de Saúde 

Oferece bolsa complementar no valor de R$ 11.000 pela Secretaria Municipal de Saúde 

Média de número de vagas ofertadas: R1 (6) e R2 (6) 

Supervisor: Giuliano Dimarzio 

Informações do programa: O PRM de MFC oferece a estrutura de uma IES de excelência e a parceria interinstitucional com a SMS Campinas e os PRMs de MFC da Puc-Campinas, Unicamp, Rede Gatti de urgência e SMS Campinas. O momento é de transformação da APS em Campinas para o modelo da ESF e o MFC na equipe.
 
 
Tocantins 

Instituição: Fundação UnirG – Universidade de Gurupi

Cidade: Gurupi 

Instituição Financiadora da bolsa regulamentar: Ministério da Saúde 

Oferece bolsa complementar no valor de R$ 5.500 pela Secretaria Municipal de Saúde 

Média de número de vagas ofertadas: R1 (4) e R2 (4) 

Supervisor: Vladimir Tamayo Maestre

Informações do programa: Mudou rotina e a realidade das famílias. São realizados pequenos procedimentos e internação domiciliar.