Busca Junte-se a nós

Dengue

DENGUE


O que é Dengue?
O dengue é uma doença febril aguda, que pode se apresentar de diversas maneiras, desde formas leves a graves, que podem levar a morte.

 

Onde é mais fácil ter Dengue?
Ocorre principalmente em áreas tropicais e subtropicais, ou seja, de clima quente e úmido do mundo, inclusive no Brasil. As epidemias geralmente ocorrem no verão, durante ou logo após períodos chuvosos.

 

Como pego Dengue?
É causado por um arbovírus (tipo de vírus), transmitido pela picada do mosquito Aedes aegypt (fêmea), uma espécie hematófaga (mosquitos que sugam o sangue) originária da África. Existem quatro tipos diferentes de vírus do dengue. E não há transmissão entre as pessoas e suas secreções, nem fontes de água ou alimento.

 

Sintomas
É necessário ter febre alta súbita (39 a 40ºC) mais dois destes sintomas: fraqueza, dor no corpo, dor nas articulações, dor de cabeça (principalmente atrás dos olhos), enjôos, vômitos, coceira no corpo ou perda de apetite. Podem aparecer também manchas vermelhas pelo corpo, sangue na urina, fezes, vômitos e vaginal. A doença dura geralmente sete dias, Após a picada pelo mosquito, podemos ter o vírus da dengue em nosso organismo,, porém, sem ter sintomas em torno de 3 a 15 dias.

 

Existe algum sinal de gravidade da minha doença?
A forma do Dengue grave é chamada de Dengue hemorrágica. O paciente depois de 3 a 7 dias melhora espontaneamente da febre e é nesse momento em que aparece o Dengue Hemorrágica. Portanto, cuidado!! Muitas das vezes você pode achar que está curado e descuidar. Mas esteja atento aos sinais de alerta que podem começar a aparecer e procure imediatamente a unidade de saúde se tiver: vômitos freqüentes, dor abdominal intensa, desconforto para respirar, episódios de sangramento da gengiva, nariz e manchas vermelhas pelo corpo, tonteira, sonolência, sangue nas fezes, urina com sangue ou avermelhada ou diminuída, dor de cabeça forte.

 

Como sei que estou com Dengue?
O diagnóstico normalmente é feito apenas com a avaliação médica, ou seja, uma consulta. Durante o exame físico médico ou da equipe de enfermagem, pode ser feito o teste do laço, que é um exame que usa o aparelho de medir a pressão no braço e verifica se seus vasos estão frágeis, um dos sinais de dengue.

O médico vendo a necessidade pode ainda solicitar um hemograma completo para fechar ou não o diagnóstico de dengue e dengue hemorrágica. Ele é solicitado especialmente para lactentes (menor de 2 anos), gestantes, idosos, hipertensos ou com outras doenças no coração, diabetes e outras doenças crônicas. O resultado sai em 24 horas após coleta.


Pode ser feito também pelo sangue a sorologia para dengue. Porém, é um exame demorado (cerca de uma semana para seu resultado), não está disponível na maioria dos serviços de saúde e não está indicado em todos os casos.

 

O que eu posso fazer?
Caso ocorra febre e pelo menos mais um dos sintomas devemos pensar em Dengue. É preciso ingerir líquidos em abundância, ter uma alimentação reforçada e repouso. Esteja atento sempre a auto-medicações, pois podem ocasionar consequências graves para sua saúde. Se suspeitar nunca use Aspirina (Ácido acetil salicílico) e anti-inflamatórios como ibuprofeno, nimesulida ou diclofenaco por exemplo.

 

Como posso prevenir?
Cuidar do quintal de sua casa, não deixando vasilhas, jarros, pratos para plantas, poças, pneus velhos ou entulhos com qualquer quantidade de água. Isso porque o mosquito precisa dessa água para depositar suas larvas. Pois elas podem crescer para novamente picar as pessoas e transmitir o vírus da Dengue.

 

O que minha comunidade pode fazer?
A comunidade deve aderir a medidas de prevenção do dengue. O pode além de tomar conta da própria casa e quintal, orientar os vizinhos, fiscalizar a rua onde reside, a região onde mora, tomando medidas preventivas. Conscientizar as pessoas da gravidade dessa doença e que podemos evitá-la se unirmos forças contra a dengue.

 

Quando devo procurar o médico de família e comunidade?
O tratamento adequado dos pacientes depende muito do reconhecimento precoce dos sinais de alerta; não deixe de procurar o seu médico de família.


Assim que aparecerem sintomas, como febre alta, náuseas, dores no corpo e articulações, dor atrás dos olhos, dificuldade respiratória, manchas vermelhas no corpo. O dengue tem sintomas muito parecidos com outras doenças, devemos então estar atentos aos sinais de alerta ou agravamento da doença: sangramento na gengiva, sangramentos do nariz, sangue nas fezes, urina com sangue ou avermelhada, presença de dor abdominal forte, tonteira, dor de cabeça muito forte, vômitos que não param.

 

Autora: Dra. Paola Morales Salarini Pinto
pmsp17@hotmail.com

R1 do Programa de Residência Médica em Medicina de Família e Comunidade na Santa Casa de Misericórdia de Goiânia – GO.

 

Bibliografia
1. Ministério da Saúde, Dengue Diagnóstico e manejo clínico. 3 ed. Brasília-DF: 2007.
2. WORLD HEALTH ORGANIZATION. Dengue haemorrhagic fever: diagnosis, treatment, prevention and control. 2 ed. Geneva, 1997.
3. Ministério da Saúde, Doenças Infecciosas e parasitárias – Guia de bolso. 8 ed. Rev. – Brasília: Ministério da saúde, 2010.