Busca Junte-se a nós

Desmaio

DESMAIO


O que é desmaio?


Desmaio é a perda súbita da consciência e do tônus postural, com recuperação espontânea. É na verdade um sintoma de uma doença ou reflexo do nosso organismo.

Pode em alguns casos ser precedida por avisos como mal estar, enjôo, alterações da visão, sensação de calor ou acontecer de repente. De modo geral o desmaio ocorre devido a diminuição do fluxo de sangue para o cérebro.

Corresponde a aproximadamente 3% de todas as consultas em pronto atendimento, sendo então uma condição pouco comum, mas muito falada. O termo médico usado pelos profissionais é síncope.

 

Quais são as causas dos desmaios?

São várias as causas de desmaios, que vão desde causas benignas a causas malignas com risco de morte súbita. As benignas podem ser consequentes a reflexos do nosso organismo como uma hipotensão postural que é a diminuição brusca da pressão arterial devido longos períodos em posição supina (de pé) em locais muito quentes e abafados. As causas malignas podem ser uma arritmia fatal por exemplo.

Dentre as diversas causas de desmaio podemos destacar:

  • Originados por problemas cardíacos, como arritmias, infarto, alterações das valvas cardíacas ou outros problemas cardíacos congênitos.
  • Provocados por uso de medicamentos, dentre estes são mais comuns medicamentos para a pressão.
  • Por distúrbios do metabolismo como uma baixa de açúcar do sangue.
  • Causas psíquicas como episódios graves de ansiedade, depressão ou pânico.
  • Causas ainda não esclarecidas ou ainda o que chamamos de hipersensibilidade do seio carotídeo que é uma condição rara que o individuo pode desmaiar devido o uso colarinhos apertados, por exemplo, pois isso pode estimular uma resposta no organismo dessas pessoas fazendo com que a pressão e batimentos cardíacos diminuam de repente, ocasionando o desmaio.

O que fazer quando uma pessoa desmaia?


Inicialmente deve-se verificar a respiração e batimentos cardíacos do individuo.
Depois deve-se elevar as pernas pois é uma boa medida para que a pressão volte ao normal caso ela esteja baixa.
Quando o individuo recobrar a consciência é importante levá-lo a hospital para que seja avaliado por um médico. Será então realizado uma investigação para descobrir a possível causa do desmaio para que mediante isso se inicie o tratamento da causa base. No pronto socorro será analisado se o individuo deverá ser internado ou tratado ambulatorialmente.

É de fundamental importância que todo individuo que apresente um desmaio procure uma unidade de pronto atendimento e seja atendido por um medico. Uma vez que podemos estar lidando com as causas malignas que podem trazer risco de vida ao individuo.

*Autora: Luiza Alves de Souza Gouveia
souza_luiza@hotmmail.com

Graduação: Faculdade de Medicina de Valença – FMV, Valença – Rio de Janeiro 2008.
Residência Médica: Medicina de Família e Comunidade – Santa Casa de Misericórdia de Goiânia, Goiás. Ano Início: 2011
Especialização: Medicina do Trabalho CEMBRAP (Goiânia – GO). Ano início:2010.

 

Bibliografia:
1.American Heart Association: Scientific Statement on the Evaluation of Syncope. Circulation 2006: 113. p.316-327
2.Martins HS, Damasceno MCT. Síncope. In: Martins HS, Neto RAB, Velasco IT. Emergências clínicas- abordagem pratica. 1. Ed. Barueri: Manole; 2006.p.99-109
3.Daroff, RB .Sincope, Desmaio, tontura e vertigem.In: Braunwald, E; Fauci, AS; Hauser, SL; Longo, DL; Kasper, DL; Jameson, JL. Harrison Medicina Interna. 16ª .ed. Rio de Janeiro: McGraw-Hill Interamericana do Brasil Ltda, 2006. v. I, p.134-142.