Busca Junte-se a nós

Hiperparatireoidismo Primário

Na edição do Canadian Family Physician de fevereiro de 2011 há uma Revisão Clínica intitulada Hiperparatireoidismo primário: Atualizações na apresentação, diagnóstico e tratamento no cuidado primário, de Shelley Pallan, Aliya Khan, que começa por: "O hiperparatireoidismo primário (HPTP) é a causa mais comum de hipercalcemia no ambulatório clínico. Esta condição pode ocorrer em qualquer idade, mas ele afeta mais comumente pessoas com mais de 50 anos de idade e mulheres na pós-menopausa. A prevalência de índices de HPTP é de 1 a 4 em cada 1000 pessoas.

"Não há descobertas físicas específicas no HPTP, e adenomas de paratireóide ou carcinomas são raramente palpáveis. Contudo, é importante retirar massas cervicais. A terapia definitiva para o HPTP é a paratireoidectomia. Para o HPTP assintomático que não atende aos critérios para cirurgia, o monitoramento é uma opção adequada. O tratamento médico visando a proteção do esqueleto ou a diminuição de séricos de cálcio podem ser úteis para ou para pessoas que não desejam tê-lo, ou que possuam contraindicações a cirurgias. Na ausência de nefroliríase, um cálcio de 24 horas na urina acima de 10 mmol/d não é mais uma indicação para a paratireoidectomia; uma excreção de cálcio urinário é afetada por outros fatores."

Para a revisão completa, clique aqui.

Canadian Family Physician 57 (2): 184-189 © 2011 by The College of Family Physicians of Canada
Primary hyperparathyroidism: Update on presentation, diagnosis, and management in primary care. Shelley Pallan, Aliya Khan. Correspondências para Shelley Pallan: pallans@mcmaster.ca

Categoria: T. Endócrino/Metabólico/Nutricional. Palavras-chave: Hiperparatireoidismo, primário, hormônio da paratireóide, hipercalcemia, litíase renal, bisfosfonatos, revisão clínica.
Synopsis edited by Dr Paul Schaefer, Toledo, Ohio Postada em Global Family Doctor 8 de março de 2011.